Sidebar

24
Sat, Jun

pimenta 550x170 2
SUPERBANNER SAO JOAO 2017

Ipolitica 550x170

ColunaTurismo 728x90

Entre em contato : blogipolitica@gmail.com

nucleação

Entenda como são produzidas as chuvas artificiais. Ilustração: Revista Época.

Em Itabuna, a prefeitura soltou releases indicando os avanços da audiência entre o prefeito Claudevane Moreira Leite e o governador da Bahia, Rui Costa, na última sexta-feira (11), para tratar dos problemas da estiagem na cidade. Da conversa, ficou acertado o apoio do estado para contratação de empresa especializada em bombardeamento de nuvens para que se produza chuva artificial, novidade que permeia o imaginário do povo (o ser humano ‘plantando’ chuva nas nuvens, como é que pode?).

De imaginação em imaginação, o povo de Itabuna já anda (literalmente) olhando para cima, (“pedindo para chuva cair sem parar”), aguardando a chegada do tal avião que será capaz de transformar nuvens brancas em nuvens carregadas de água. Enquanto isso, parece que a cidade está “envolvida” num maciço de ar quente que impede que a tão sonhada e refrescante chuva desabe pelos lados de cá.

Nesta segunda-feira (14), choveu forte em Buerarema. Na manhã desta terça-feira (15), chove forte em Ilhéus. Mas, em Itabuna, houve, no domingo (13) apenas prenúncios de 4 minutos de chuviscos em alguns poucos bairros da cidade, entre 17h e 17h30min. Ver aquele “ensaio de pingos de chuva” foi tão emocionante que o povo chegou a correr pelas ruas a comemorar. Barulho por nada. Era só “ensaio” mesmo.

ilhéus

Do Pimenta Blog, veio a informação de que a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (EMBASA) teria emitido nota negando que faltará água em Ilhéus.

Faltou a Assessoria de Comunicação da EMBASA observar os dados alarmantes que aparecem em todos os cantos do Brasil e do mundo. Falta de água é iminente, é inevitável. Trata-se de um recurso que vai acabar, sim.

E este é mais um problema reflexo da insensatez humana, da falta de conscientização, de políticas eficientes de organização e desenvolvimento.

Moto de Juninho

O instrutor de dança Juninho Toa-Toa, muito conhecido em Ilhéus e Itabuna pelo trabalho que desenvolve em diversas academias, postou em seu perfil no Facebook, na noite desta segunda-feira (14), que foi assaltado no bairro Zildolândia, em Itabuna, e teve sua moto roubada.

Segundo o instrutor, ele estava passando pela localidade por volta das 20h20min, quando foi abordado por dois meliantes trajando camisas do tipo gola polo nas cores branca, azul e verde, um deles armado com um revólver calibre 32, ambos com idade aparente entre 17 e 18 anos, altura entre 1.70 e 1.73, magros, pele morena. Um dos assaltantes tem o cabelo pintado com mechas em loiro (luzes).

A moto roubada é uma Honda Fan 150, fabricada em 2014, modelo 2015, com carenagem de Titan, sem adevisos. Os assaltantes levaram também o seu capacete. A placa do veículo é OZP 0393. Contatos para quem tiver informações podem ser feitos pelos telefones (73) 98877 2900 ou 99167 6372.

images cms image 000472185

Itabuna e Brasília. Duas cidades distantes, mas muito parecidas em relação a um aspecto interessante (Itabuna, em sua dimensão local e Brasília como capital do país): possuem legislativos que andam a passos lentos, mas tão lentos que, às vezes, suas ações não acompanham o ritmo dos acontecimentos.

Em Itabuna, por exemplo, a Câmara de Vereadores quer discutir o mérito da questão (se é legal ou não) a atuação de uma empresa particular na administração do sistema de estacionamento rotativo da cidade, a Zona Azul. O sistema já está instalado, a empresa já está atuando há mais de um ano, e somente agora atentou-se para a importância de se discutir se há respaldo jurídico nessa concessão.

Já em Brasília, os senadores irão se reunir na próxima quarta-feira (16), na Comissão de Educação, Cultura e Esporte para um debate sobre a implantação da Universidade Federal Sul da Bahia (UFSB), implantação essa que já aconteceu. A universidade está aí, funcionando, com as aulas acontecendo todos os dias.

Dos novos debates, inclusive, pode surgir a possibilidade da sede administrativa (Itabuna) ser trocada. E aí volta de novo a guerra entre Itabuna, Ilhéus e Porto Seguro. Talvez em 2050, o Governo Federal já esteja com tudo organizado para que se inicie a construção da sede definitiva do campus Jorge Amado. Isso, se o Congresso Nacional deixar.

Protesto Dilma Dez 2015 Itabuna

Que foi um fiasco, um fracasso, a tentativa de políticos oposicionistas de transformarem o 13 de dezembro no “Dia do Impeachment”, isso já se sabe. Em Itabuna, 20 e poucas pessoas estiveram no Jardim do Ó trajando o verde e amarelo pedindo o #ForaDilma.

A questão, agora, (e esta vem de cima para baixo, ou melhor, da Rede Globo para as demais emissoras do país), de transformar o fiasco em fato, em notícia, de todo e qualquer modo. O próprio jornalista Ricardo Boechat, da Rede Bandeirantes, declarou, num comentário transmitido pela Band News FM de São Paulo, na manhã desta segunda-feira (14), que “tudo o que Rede Globo fez foi cosquinha para petista sorrir e colocar líderes oposicionistas numa situação de pequenez”.

Pelo teor da falta de apoio popular ao Impeachment, tudo indica que o fato é que o PT está ainda de braços dados com o povo e este continuará convencido que o momento não é para Impeachment, fortalecendo-se o próprio PT e enfranquecendo-se, principalmente, o PMDB, maior interessado na queda da Presidente da República.

20151214040837

Quase ninguém fala, mas o vereador Manoel Junior (PRB), do legislativo itabunense, substituto do Francisco Edes, que deixou o cargo para assumir a Secretaria de Assistência Social, está agora passando por um final de ano dos mais difíceis.

Filiado ao partido do prefeito, o vereador vem sofrendo pressão do Centro Administrativo Firmino Alves para retirar sua assinatura da proposta que tramita na casa para instalação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investigará possíveis irregularidades na elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PNSB). Ao que tudo indica, o plano foi plagiado pela bagatela de R$679 mil.

O vereador já teria confidenciado que a sua predisposição é a de manter o seu nome no processo pois, segundo o mesmo, mantê-la ou retirá-la, não fará diferença no resultado final, que será o da instalação da CEI. Mantendo-a, o vereador terá maiores condições de aparecer como “independente” em seu trabalho de legislador ao mesmo tempo em que estará compondo a base de apoio do prefeito Claudevane Moreira Leite quando o mesmo for chamado para prestar esclarecimentos.

microcefalia em bebes 1

Não se sabe quem são os grandes responsáveis, no Brasil, pelo surto de microcefalia que se assoma nos últimos meses, em números que já podem chegar aos 2500 antes do término do mês de dezembro e com quase 75% dos casos registrados na região Nordeste, mas com ampla certeza de que se espalharão mais cedo ou mais tarde pelo país todo.

De lado a lado, o surto que, segundo informações, deve-se à presença do Zika-Vírus, doença transmitida pelo mosquito aedes aegypt, está ligado à falta de presença do poder público onde mais se espera, que é num plano de desenvolvimento de saúde pública que efetivamente proteja e respeite o cidadão nos seus direitos mais elementares e também na falta de consciência (não por falta de informação, mas por desleixo mesmo) de grande parte da população.

Por aí, observa-se, pois, que o caso parece (ainda!) passar ao largo da realidade do país. Está sendo tratado como se fosse algo que não exige preocupação porque não envolve diretamente os políticos, a população como um todo. E aí, as notificações, os registros, os números, não passam disso: números, somente.

Se, de lado a lado, falham governo e cidadãos, pela falta de ações e consciência, no meio disso tudo, estão as famílias que estão recebendo, agora, as crianças microcéfalas, que continuarão como crianças microcéfalas, muitas das quais não passarão do primeiro ano de vida. Crianças que irão morrer. Crianças que, daqui a algum tempo, não irão aparecer. Fecham-se os olhos.

722bf48fc11526b432324b4a49be6b94

Levantamento feito pelo site Bocão News, aponta que com apenas nove meses de legislatura, seis deputados federais baianos, dos 39, gastaram R$ 187,1 mil em aluguel de veículos. O número é parte do R$ 1,2 milhão gasto por todos os parlamentares nesse período. Os deputados Afonso Florence (PT) e José Carlos Aleluia (DEM), embora adversários políticos estão no mesmo time e gastaram entre janeiro e setembro R$ 80 mil cada um, encabeçando a lista.

No sul da Bahia aparece o suplente de deputado Davidson Magalhães (PCdoB) como o quarto que mais gastou com aluguel de veículos, R$ 66.875. O comunista possui um Santa Fé e um Uno Mille junto à Universo Locadora de Veículos sediada em Itabuna, por R$ 6,5 mil e R$ 1,7 mil, respectivamente.

De acordo com site da Receita Federal, a empresa Universo Locadora de Veículos, pertence às irmãs Alba Regina Cardoso dos Santos e Alessandra Cardoso dos Santos. Curiosamente, elas são também irmãs de Ramon Cardoso dos Santos, figura conhecida do PCdoB na cidade e um dos fiéis escudeiros do Vice Prefeito Wenceslau Junior e do deputado Davidson Magalhães, pré candidato a prefeito de Itabuna.

Será mera coincidência?

 

20151213140514

O Datafolha indica que o ato em favor do impeachment da Presidente Dilma Rousseff neste domingo, 13, teve uma quede 70,2% em relação a manifestação do mês de agosto. Segundo o instituto, cerca de 40 mil pessoas apenas participaram na capital paulista.

Em outras cidades, a queda foi ainda mais acentuada; em Brasília (7 mil manifestantes) e Curitiba (10 mil pessoas), por exemplo, o recuo foi de 72% e 84%, respectivamente, de acordo com o instituto, que apontou o Rio de Janeiro com queda de 95%. 

Já em Itabuna, um grupo liderado por membros do PMDB, conseguiu reunir poucas pessoas no Jardim do Ó. Segundo um dos organizadores, os cerca de 20 menifestantes foram de livre e espontânea vontade, sem receber nada em troca. Mas, quem fez falta mesmo foi o ex prefeito Fernando Gomes...

 

20151213074919

Buscando oferecer melhores condições às pessoas comprometidas com o combate ao fogo na região da Chapada Diamantina, o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), comprou R$ 500 mil em Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para utilização dos brigadistas voluntários que atuam no combate aos incêndios.

Parte desse material - que inclui luvas, máscaras, foice, abafadores, mochilas costais, facões, foices, pás, enxadas e fardamento - será entregue para os representantes das brigadas, no grupamento do Corpo de Bombeiro de Lençóis, neste domingo (13). 

nAyJW4wO

Não se sabe se foi por uma ação de pressupostos da Secretaria de Transporte e Trânsito de Itabuna (SETTRAN) ou não, mas, se foi, o atual secretário Abraão Ribeiro, já começou o seu trabalho naquela secretaria com trapalhada.

Eis que um dos cruzamentos mais perigosos da Avenida Manoel Chaves, no bairro São Caetano, quase em frente à sede da União dos Servidores Municipais de Itabuna (USEMI), foi reaberto para passagem de carros.

Os blocos de cimento, conhecidos como “gelo seco” que impediam a passagem de carros naquele local, foram retirados. Resultado: os acidentes voltaram a acontecer.

secretario culturaba 2015 jorge portugal Foto Mateus Pereira

Parece que Itabuna virou “persona non grata” na lista de cidades baianas do atual secretário de Cultura do Estado da Bahia, professor Jorge Portugal. Desde que assumiu a secretaria em janeiro, o secretário não fez uma visita sequer. Agendou três vezes e cancelou a visita três vezes.

Itabuna urge pela visita do secretário, principalmente por ser uma das cidades baianas mais efervescentes do ponto de vista cultural, com muitos grupos, muitos entusiastas, muitos lutadores da área, mas com pouquíssimos equipamentos, espaços culturais.

A cidade está com as obras do Centro de Convenções paralisadas há mais de dez anos e sem a menor perspectiva de que seja retomada e o Centro de Cultura Adonias Filho (CCAF), no ano em que se comemora o centenário do escritor, está muito aquém do que se desejaria como local para o intercâmbio cultural. No final da gestão de Jacques Wagner, houve uma tentativa de reformar o CCAF, que esbarrou na completa falta de recursos financeiros e de organização.

Resultado: o único espaço na cidade disponível para apresentações culturais ainda continua funcionando sem condições e sem estrutura. E Portugal, talvez por saber que vai ouvir muita bronca do povo “papa-jaca” quando por aqui estiver, está evitando ao máximo.

Nota do blog: O primeiro ano da gestão cultural da Bahia, aliás, está sendo criticada veementemente por intelectuais e gestores em todas as regiões. A Secult passou, em 2016, pelo ano de menor repasse de recursos financeiros e suspensão de quase todos os investimentos. O mais recente, que seria na realização do III Seminário de Políticas e Gestão Culturais do Estado da Bahia, previsto para acontecer entre 15 e 17 de dezembro, em Juazeiro, foi cancelado faltando menos de 8 dias para o seu início, sem maiores explicações, diga-se de passagem. Portugal diz que a culpa não é dele.

Subcategories